domingo, 7 de junho de 2015



A pouco tempo tomamos conhecimento que a Machinima, empresa de multimidia, com um verdadeiro império na área de streaming foi absorvida pela Warner Bros. proprietária da DC Comics, recebendo um aporte de 24 Milhões de dólares e  se tornando assim o braço da Warner no lucrativo mercado do Streaming, nova mina de ouro das empresas de Multimídia a exemplo da bem sucedida NETFLIX.

Com isso ficou claro os objetivos da Warner com a liberação ao Machinima de criar  inicialmente séries de animação baseadas nos personagens da editora DC. E o primeiro produto, como já divulgado será um desenho animado baseado na Liga da Justiça, com estréiou no dia 8 de junho passado.

Justice League: Gods and Monsters Chronicles é uma criação de Bruce Timm, o mesmo produtor deBatman: The Animated Series, uma das animações mais populares dos anos 1990. 
A série irá mostrar versões alternativas e mais sombrias do Batman, Super-Homem e Mulher Maravilha. Uma das “liberdades criativas” coloca, por exemplo, o Super-Homem como filho do General Zod, um dos vilões do herói nos quadrinhos.
Gods and Monsters Chronicles irá dar origem a um filme após o lançamento da segunda temporada, que acontece no final do ano.
Mas isso não é tudo, aliás, é apenas o inicio de um ambicioso projeto envolvendo a gigante de entretenimento Warner e agora seu braço na internet Machinima.
A gigante do streming também  está trabalhando no projeto “#4Hero”, série com atores reais que adapta os quadrinhos dos anos 60 “Disque H para Herói”, e em “DC’s Hero Project”, que será um ambicioso concurso onde os participantes tentarão desenvolver um filme live-action de Starman, a HQ de James Robinson e Tony Harris. 
Além desses lançamentos, segundo a Variety, a empresa realizará váris web séries a exemplo de ROBOCOP entre outras.
Da mesma forma que a Marvel, parte do conglomerado Disney passou a utilizar a formula bem sucedida de divulgação de seus "produtos" via streaming, era só uma questão de tempo para outras empresas detentoras de licenças de super heróis passassem a também utilizar o meio.
A warner parece ambicionar muito o seguimento, chegando a adquirir uma das maiores empresas do mundo e com certeza as séries anunciadas serão só o inicio de uma transformação na forma em que acompanhamos nossas séries favoritas.
Com uma gama enorme de tele séries de super heróis e um universo unificado, diferentemente da fragmentação de licenças da Marvel/Disney, a Warner/DC comics poderá ter a oportunidade de ampliar gigantescamente seu universo de séries e seriados de super heróis. E aguardar e torcer que a onda permaneça por muito tempo, o que nós permitirá a cada vez mais ver nossa telinha, Internet e cinema invadidos por super heróis.
Para o alto e avante!





Gostou? Curta nossa fanpage!

0 comentários :