segunda-feira, 27 de julho de 2015

Nesta postagem vamos relembrar um personagem desconhecido de MUITA gente, mas que já fez sucesso em quadrinhos, desenho animado e até em série de TV. The Tick (O Carrapatoé um personagem criado pelo cartunista Ben Edlund em 1986, como mascote da editora americana New England Comics. Trata-se de uma sátira com super-heróis e seus conflitos psicológicos. E apesar de (teoricamente!) ser voltado para o público infantil, tinha muitas piadas que crianças não conseguiam entender. 

Em 1988 foi publicada uma série de quadrinhos baseada no personagem. The Tick é invulnerável, o que permite que ele não sofra qualquer tipo de ferimento (o que não significa não sentir dor). Possui superforça, podendo dobrar uma viga de aço com facilidade. Uma espécie de poder conhecido como "drama power" (poder dramático) faz com que Tick aumente o nível de seus poderes quando a situação em que se encontra está mais dramática. O personagem também consegue sobreviver no espaço ou sob a água sem oxigênio por bastante tempo. Uma de suas poucas fraquezas está nas antenas, sem as quais, perde o equilíbrio.

A Série animada, que foi ao ar entre os anos de 1994 e 1996, teve 36 episódios (3 temporadas) e se passava num cenário em que, para se tornar um “herói”, era necessário mais vontade do que poder. Um dos primeiros personagens apresentados é Arthur (parceiro do Tick), um contador que se vê dominado pelo tédio de sua rotina e decide se tornar um super-herói. Sua roupa de mariposa gera diversas situações engraçadas, porque sempre o confundirem com um coelho. Arthur faz o papel da “pessoa normal” que cai de para-quedas no mundo dos super-heróis e sente-se completamente deslocado. Já o nosso herói é um louco de pedra.

Um dos grandes pontos fortes da versão brasileira, que passava na Globo, era a fantástica dublagem de Márcio Seixas, na voz do aloprado The Tick. 
  
Foi feita uma série live action que se tornou cult através dos anos, mas quando foi ao ar, entre 2001 e 2002 pelo canal Fox, o show acabou fracassando. Apenas nove episódios foram produzidos. No Brasil, a série foi ao ar brevemente pelo canal Sony. Apesar de não ter durado por muito tempo e não ter a mesma qualidade da animação, a série também tinha um senso de humor bem parecido com a obra original. O elenco contava com as presenças de Patrick Warburton, como The Tick; Nestor Carbonell (Lost) como o super-herói latino Batmanuel; de Liz Vassey (CSI) como a Capitã Liberdade e David Burke (coadjuvante em Joan of Arcadia e Brothers and Sisters) como Arthur, o assistente do super-herói The Tick.

Em 2014 a People.com, a Amazon declarou estar estudando a possibilidade de retomar a série, O remake teria produção executiva de Ben Edlund, criador da HQ, e seria estrelado mais uma vez pelo ator Patrick Warburton (Seinfeld, Rules of Engagement).

Gostou? Curta nossa fanpage!

0 comentários :