sexta-feira, 13 de novembro de 2015

A presença de Luke Skywalker em Star Wars: O Despertar da Força está envolta de mistério, mas o herói não foi esquecido, diz J.J. Abrams.
Em conversa com a EW, o cineasta comparou Luke Skywalker a uma figura mística de um conto de fadas que uma geração de pessoas pode, ou não, ter acreditado que existiu na história de Star Wars.
"Foi a coisa que mais me inquietou, a ideia de fazer uma história que acontece quase 40 anos depois dos Jedi, e que significava que existiria uma geração que via Luke Skywalker, Han Solo e Leia como um mito," disse Abrams.
"É como o conto do Rei Artur. São personagens que essa geração pode ter ouvido falar, ou talvez não. São personagens que essa geração pode acreditar que existiram ou que são apenas como um conto de fadas."
Em relação a Rey, uma espécie de sem-abrigo que cresceu no deserto de Jakku, Abrams diz que alguém "sem uma educação formal ou sistema de suporte" como ela, pode ter ouvido algo sobre a Força, os Jedi ou os heróis da trilogia original de Star Wars.
"A ideia de que alguém como ela começa a descobrir que os Jedi e a Força existiram, e que existe um poder no universo que parece fantasia mas é possível, é uma ideia incrivelmente intrigante," disse o diretor.
J.J. Abrams abordou novamente a ausência de Luke Skywalker em todas as artes promocionais do filme.
"Ninguém se esqueceu dele!" acrescentando que a quantidade de personagens no poster já é enorme, e certamente que "Luke é uma peça importante da história."
Star Wars: O Despertar da Força vai ser lançado em 17 de dezembro.

Gostou? Curta nossa fanpage!

0 comentários :