quinta-feira, 12 de novembro de 2015

Em 1995 estreava nas telonas o filme de super-herói (numa época que esse gênero nem existia!) TANK GIRL: DETONANDO O FUTURO.

De cara o melhor comentário que posso dar é que se trata de um daqueles filmes que ou você ama ou ODEIA MUITO!

A Sinopse é a seguinte:

No futuro apocalíptico de 2033. Temos o planeta Terra agonizando após ter sido atingido, no ano de 2022 por um cometa. 11 anos depois em uma Austrália decadente a humanidade sofre com o racionamento da água. Imposto pela mega-organização: “Water & Power” que domina todo o estoque de água potável do mundo. Então temos Rebbeca Bucks (nome que é raramente mencionado), a TANK GIRL (Lori Petty), nossa super (Anti) heroína que era uma caçadora de recompensas do governo que por falhar em uma determinada missão, acaba se tornando membro de um pequeno grupo de foras da lei que mantêm uma fonte de água clandestina em seu porão. Porém, quando a corporação descobre, a guerra começa. Ah, Como o próprio nome sugere, a personagem principal dirige um tanque de guerra, que é também sua moradia. Eu já falei que o namorado dela é um canguru mutante? Pois é, Booga (Ice T) o namorado animal mutante sinistrão é o tipo de cara que faz de tudo para agradar sua namorada, inclusive matar.


O filme contou com a produção/direção de Rachel Talalay, conhecida pelas suas parceiras com John Waters. A produtora mais tarde relatou que o filme sofreu muita pressão do Estúdio MGM, acarretando em mudanças no roteiro e na finalização. Isso comprometeu o resultado final de maneira significativa. Na realidade, a intromissão da transformou o que poderia ter sido um ícone da contracultura punk em um filme da Sessão da Tarde. Não que isso seja de todo ruim, não é mesmo? 


A trilha sonora é assinada, entre outros, por Courtney Love. Bjork, DEVO, L7, Portishead, etc.

Tank Girl é uma personagem de histórias em quadrinhos britânica, criada por Jamie Hewlett e Alan Martin. Com roteiros recheados de referências de Cyberpunk, Cartoon e mangá, Tank Girl surgiu como uma homenagem a Love and Rocket, o maior responsável por revolucionar os quadrinhos em preto e branco nos anos 80.

Tank Girl  surgiu em 1988, quando Jamie Hewlett e Alan Martin se conheceram e  começaram a trabalhar juntos. A HQ ganhou rapidamente muitos fãs. Teve publicações de 1988 a 1995 pela Deadline, e após uma pausa de quase um ano, em 1996 teve seus direitos comprados pela Vertigo (agora associada a DC Comics) e foi publicado como Tank Girl: The Odissey, a série deu muito certo e chegou a bater recordes de vendas chegando a se igualar a Hellbazer e 100 balas, as revistas TOP da editora. Foi cancelada em 2002. Infelizmente não chegaram muitas delas aqui no Brasil.

INFORMAÇÃO Bônus: Jamie Hewlett e Damon Albarn (ex-Blur) criaram em 1998 uma banda virtual de Trip Rock chamada Gorillaz.


E ae, gostou? Então comenta! 


Gostou? Curta nossa fanpage!

0 comentários :