terça-feira, 1 de novembro de 2016


Depois de Crise nas Múltiplas Terras, Crise das Infinitas Terras, Crise Infinita e Crise Final, chega às páginas do Rebirth o anúncio de uma nova Crise Infinita. São tantas crises no Universo DC que um Prozac já deveria ter sido receitado.

Em Liga da Justiça Rebirth, os heróis novamente se unem para combater inimigos de natureza apocalíptica. Desta vez o mal vem de todas as partes: do céu, do mar, da superfície e também do núcleo do planeta.

Dentre todas estas ameaças, a reunião de quatro seres muito misteriosos chamados “Parentes” é que de fato devem preocupar, não só a Liga da Justiça, como também a todos os habitantes da Terra, já que a canção chegou ao fim e o despertar tornou-se completo.

Aí vocês perguntam: que negócio é esse de canção e despertar? Infelizmente o arco termina sem que as respostas sejam dadas, mas desde já especulo e pergunto ao leitor: Quem lembra que na Crise Final Superman reordenou o Universo DC com a música emitida através da bugiganga que ele reconstruiu em sua linha temporal?

Especulações a parte, é fato que uma nova Crise Infinita está na agenda da editora, pois como bem disse o arauto, “A CANÇÃO ESTÁ NO FIM. O DESPERTAR ESTÁ COMPLETO. A CRISE INFINITA CHEGARÁ”.


Não sabemos ao certo a intenção desta nova crise. Talvez seja para alinhar algumas questões, como por exemplo a existência de dois Clark Kent. Talvez seja para introduzir os personagens de Watchmen. Ou quem sabe sirva apenas para corrigir pequenas incongruências decorrentes da tão recente transição. Realmente não sabemos a razão da editora retomar esta política editorial, mas o que de fato sabemos é que as CRISES da DC Comics são verdadeiramente INFINITAS.




(Notas: Há outros eventos cuja natureza é a mesma das sagas citadas, tais como Zero Horas, Ponto de Ignição, dentre outras, mas que não mereceram destaque no artigo, não porque não sejam importantes, mas porque não levarem a palavra “crise” em seus títulos.)
Autor: JF Macedo (Kiko)

Gostou? Curta nossa fanpage!

0 comentários :