sexta-feira, 25 de novembro de 2016


Comandanda pelo diretor Lu Lei, a copia descarada de Mad Max, chamada de Mad Shelia,  acompanha a saga de Xi Liya   (Fu Xiao), em inglês Celia Shelia - palavra sinônimo de "mulher" na Austrália -, espécie de vingadora do deserto que trava uma guerra contra bizarros caçadores de virgens. Ao menos é o que parece.


A cópia descarada de Mad Max, Mad Shelia é a primeira parte de uma trilogia que já foi inteiramente filmada. Produzidos por um estúdio de Pequim, os longas foram rodados na Mongólia Interior ao longo de oito meses.

Mad Max: Estrada da Fúria nunca foi lançado nos cinemas chineses por causa da limitação a estreias estrangeiras no país e também por ser violento e ousado além da conta para os padrões locais.

Segundo maior mercado do mundo, só perdendo para os EUA, a China tem uma política extremamente fechada para liberação de filmes estrangeiros, para se ter uma idéia Deadpool, Esquadrão Suicida e diversos outros grandes filmes de 2016 foram censurados e proibidos de ser exibidos nesse cobiçado  mercado.

A  China mundialmente conhecida por "usas cópias chinesas"de produtos eletrônicos, carros e roupas, mas agora seus "cineastas" se especializam em fazer cópias genéricas dos sucessos de HollywoodZootopia, Cinquenta Tons de Cinza e Velozes & Furiosos foram refeitos recentemente e, até agora, o único processo conhecido é o movido pela Disney contra The Autobots, "inspirado demais" em Carros.

Gostou? Curta nossa fanpage!

0 comentários :