sexta-feira, 9 de dezembro de 2016



Na expectativa de sair o primeiro trailer do novo filme do aracnídeo mais famoso do mundo, agora integrado ao MCU, há uma pergunta que ninguém tenha feito em voz alta até hoje...

Por que ele é tão querido???

Tentarei elucidar este mistério, que nos fascina desde a sua criação nos idos dos anos 60, mais precisamente em 1962, pelas mãos dos lendários Stan Lee e Steve Ditko, na já clássica revista Amazing Fantasy #15 de agosto daquele ano, durante a chamada Era de Prata dos quadrinhos.


Ele era um pré-adolescente órfão, criado por seus tios Ben e May Parker, que era tímido, nerd e discriminado pelos colegas - um jovem tipico, mesmo hoje!! Ganhou seus poderes após uma experiência radiativa que contaminou uma aranha que o mordeu, e o resto todo mundo sabe.

Criou um traje e lançadores de teias, e tentou ficar rico se exibindo em shows na TV. Em um desses eventos, não impediu um roubo, e depois o mesmo ladrão matou seu tio, e percebeu que, "Com grandes poderes, vem sempre grandes responsabilidades". Esse lema é o que o motiva até hoje!!!



Peter Parker passou, ao longo dos anos, por grandes desafios e terríveis tragédias, chegando a abandonar o manto do herói, porém era sua a responsabilidade e o dever de evitar que mais desgraças acontecessem e sempre voltava a ser o Escalador de Paredes.

O senso de responsabilidade dele chegava a níveis quase religiosos, e sempre encarava esses desafios escondendo esse medo através de seu humor e coragem.





O Aranha é como nós, mortais, que pode pegar uma gripe, ter uma desilusão amorosa, perder o emprego, mas continua seguindo em frente, sempre seguindo com seu lema - Grandes poderes, grandes responsabilidades.

Certa vez, quando lançado o primeiro filme de Sam Raimi do Homem-Aranha com Tobey Maguire como Peter Parker/Homem-Aranha, uma revista nacional tentou explicar porque o Aranha nos fascinava, e disse que ele representava o Herói das tragédias gregas, onde o destino era viver uma tragédia, que no final enobrecesse todos os seus atos, redimindo-os de seus erros. E o Aranha teve grandes falhas, mas apesar do sofrimento, ergueu-se e enfrentou tudo e todos. Ele simbolizava para os jovens da época e de hoje o caráter de ser perseverante, apesar de todas as tragédias e erros que seguem em sua vida, e ser por causa disso, um modelo para os jovens se espelharem.

Um ditador de um desses países suil-americanos certa vez proibiu os jovens de lerem ou assistirem programas ou filmes como o Homem-Aranha, alegando ser ele subversivo e dar idéias erradas aos jovens de seu país... Isso é interessante pelos fatos ditos acima, por mostrar que a influência dos ideais do Aranha mostram serem mais poderosos que qualquer interpretação, pois estes ideais são tudo que os jovens querem - Um exemplo correto a se seguir.

Enfim, o motivo de ser tão querido é simples: Qualquer um poderia ser o Aranha, mas a fibra moral dele é o que torna o nosso ideal, nosso norte, um exemplo a ser seguido, enfrentar os desafios da vida com grande responsabilidade de nossos atos, pro bem ou pro mal, mas perseverando para sempre melhorar!!!

Espero ter ajudado a explicar por que o Aranha é nosso Amigão da Vizinhança!!!


Sobre o Autor:
Edgard Dantas, HQmaníaco, Trekker de longa data, e usuário da Força. Saudosista anos 80 e que adora construir modelos de naves com ferro-velho. Faz tudo com barbante, caneta e clips, segundo ensinamentos do mestre MacGyver!!








Gostou? Curta nossa fanpage!

0 comentários :