terça-feira, 13 de dezembro de 2016



Pois é, esta noticia fez meu intimo ficar revoltado!!!

Todos sabem que, em Outubro, a Mulher Maravilha foi escolhida como simbolo da mulher forte e independente e representante da diversidade pela ONU, que a escolheu como embaixadora da entidade, com as presenças das duas atrizes que já a interpretaram na TV e no cinema, Linda Carter e Gal Gadot, respectivamente, além da presidente da DC Entertainment, Diane Nelson.

Mas nem tudo foram flores... Já no evento, funcionários da ONU protestaram contra a escolha da personagem, enquanto nas redes sociais, uma petição de 45 mil pessoas pediram que a ONU voltasse atrás na decisão, alegando que "embora os criadores possam ter pretendido criar uma mulher guerreira e independente, a realidade é que a personagem é uma mulher branca, de proporções impossíveis num maiô"...



Com um mundo de alegações melhores, esta foi a mais nonsense, ridícula e preconceituosa argumentação que já tive raiva (nojo é melhor, mas tenho que ser educado...) de ter lido!!!

O pior é que a ONU aceitou, e anunciará formalmente dia 16 a retirada da honraria... Alegou que, usando personagens de ficção, tal honraria não durava muito tempo, apenas alguns meses...

Besteira!!! essa desculpa não cola, amigo. Foi uma atitude preconceituosa e mostra que a entidade sucumbe a ameaças de grupos, ou de feministas extremadas, ou de moralistas radicais. Bem a cara da nova era "negra" que se iniciará nos EUA.

E a DC??

"A DC, no entanto, disse em comunicado que estava satisfeita com a exposição da personagem para estimular a igualdade de gênero, assim como elevar a conversa global sobre empoderamento feminino". Que idiotice pensar mercadologicamente esse assunto!!! Só pensaram na divulgação apenas, e inventaram esta desculpa esfarrapada!!!


Para em parte corrigir a primeira nota, Courtney Simmons, também da DC Entertainment, emitiu outra nota:

A Mulher Maravilha representa a paz, justiça e igualdade, por 75 anos ela tem sido uma força motivadora para muitos e continuará a ser por muito tempo, mesmo após deixar de ser Embaixadora Honorária da ONU.


Não corrige, mas alivia.... Mas não muito.

A Mulher-Maravilha foi criada nos anos 1940 por uma mensagem muito clara sobre igualdade de gênero. A ideia dele era de que a princesa Diana representasse uma mulher forte, capaz de governar uma nação. Ao longo das décadas, ela passou por muitas transformações, incluindo a perda de poderes nos anos 1960.

É revoltante essa situação, e uma vergonha a todas as mulheres do mundo, que lutam contra preconceitos, indiferença e rebaixamento social!!!




Sobre o Autor:
Edgard Dantas, HQmaníaco, Trekker de longa data, e usuário da Força. Saudosista anos 80 e que adora construir modelos de naves com ferro-velho. Faz tudo com barbante, caneta e clips, segundo ensinamentos do mestre MacGyver!!

Gostou? Curta nossa fanpage!

0 comentários :