terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Crise nas Infinitas Terras (Crisis on Infinite Earths) foi em minha opinião a mais impactante e marcante SAGA dos quadrinhos de todos os tempos. Sério! Sei que depois dela já ocorreram inúmeras Crises e Sagas, mas enquanto leitor de quadrinhos e fã de super-heróis, ter vivido aquela época e acompanhado gibi a gibi o desenrolar da trama, foi demais.  
CRISE é leitura obrigatória para qualquer fã de quadrinhos. Dos mais antigos aos mais novos. A arte exuberante de George Perez e o argumento primoroso de Marv Wolfman, fazem desta Saga uma obra de arte muito à frente de seu tempo.

Pois bem, caso quem esteja lendo este post, NUNCA tenha ouvido ou se aprofundado na questão, fique tranquilo vamos devagar e bem do princípio e no final do post tem o link para baixar as SCANS.

Nos primórdios da década de 80, a DC Comics achou que era hora de arrumar a casa e impor uma ordem sobre as histórias e personagens, que até então não seguiam um conceito de cronologia, ou mesmo de caracterização dos personagens. Cada roteirista e artista, ao longo dos anos havia criado variantes e detalhes que confundiam o leitor mais atento e ávido por histórias. Então, a ideia original era acabar com esse “multiverso” onde os personagens viviam, cada um com suas pequenas características e diferenças únicas. Crise atingiu principalmente, os mais importantes personagens da DC: Super Homem, Batman, Mulher-Maravilha e Flash. A Saga foi apresentada em doze edições especiais e em todas as Revistas de linha em 1986 (No Brasil, em 1987).

Logo, Crise nas Infinitas Terras é uma história com uma missão. Além de ser a concretização de um sonho antigo de Marv Wolfman – um imenso crossover com todos os personagens da DC, de seus muitos universos e eras diferentes, também foi feita para colocar ordem na casa e celebrar os 50 anos da editora.
Barry Allen, o Flash criado em 1956, em suas histórias lia as aventuras em quadrinhos do Flash dos anos 1940, Jay Garrick. Até então, era uma brincadeira narrativa, uma homenagem ao primeiro Flash (Joel Ciclone), que havia deixado de ser publicado em 1951, mas inspirou a criação do segundo, um dos pilares da Era de Prata e do renascimento das HQs de super-heróis.
Mas aí veio a história: “Flash de dois mundos”(1961), na qual Barry Allen realmente conhece Jay Garrick e fica sabendo (e os leitores também) que ele sempre esteve lá: suas aventuras eram vividas em uma Terra praticamente idêntica à nossa, mas em um universo paralelo.

Para melhor explicar a saga, apresento abaixo uma (excelente) resenha de autoria do amigo Marcello Paulino. Contudo, é bom avisar que para quem não leu, há inevitáveis spoilers da trama.
CRISE NAS INFINITAS TERRAS, Resenha:

A historia mostrava uma figura sombria que orquestrava vários heróis e vilões de varias épocas a realizar missões, era ele o Monitor. Ele avisava de um grande perigo e que eles precisavam se unir, afim de enfrentar uma grave ameaça, que seriam mandados para varias épocas de várias Terras para proteger equipamentos importantes. Ao lado dele estava uma mulher com vários poderes chamada Precursora, que podia se dividir e estar em diversos lugares.
Enquanto isso, Flash (Barry Allen), viajava pelo multiverso vendo a destruição causada pela nuvem branca e acaba sendo capturado enquanto tentava avisar a todos.
Os heróis e vilões são divididos e vão para vários mundos em varias épocas diferentes que estavam sendo atacados por criaturas das sombras feitas de antimatéria. Enquanto isso os céus de todo o mundo ficam vermelhos e com tempestades.
Um viajante solidário acompanha um mundo inteiro ser destruído por uma onda de energia branca feita de antimatéria. Num ultimo mundo este viajante salva uma mulher que era uma heroína neste mundo, chamada Lady Quark.
Todos os mundos estavam sendo devastados, e heróis e vilões se uniam para salvar estes mundos. Num desses num ato de amor, um Pai Lex Luthor e Lois Lane salvam seu filho Alex Luthor de ser morto pela onda de antimatéria o enviando através do multiverso, onde e resgatado pelo Monitor que descobre que o garoto agora e feito de matéria e antimatéria.
Quando tudo parecia perdido, o homem que acompanhava a onda de Antimatéria destruindo mundos e lançado para o satélite do Monitor, onde ele se apresenta como Pária. Lá Ficamos sabendo que o Monitor e um ser que esta ligado a toda matéria positiva de todos os multiversos e que ele esta sendo morto pelo seu irmão que vive num universo de antimatéria e se chama de Antimonitor. Ele diz que ele deve se unir aos outros e que deve perdoar ela por fazer isso… Quando na sala aparece a Precursora que mata o Monitor.
Enquanto isso os heróis e vilões que lutam contra as criaturas de sombra estão quase sendo derrotados, quando as maquinas começam a funcionar. Tudo ficou normal, a não ser que agora os habitantes da terra podiam ver em determinados pontos do mundo uma imensa barreira de energia que permitia ver outro mundo.
No satélite Pária e Lyla, a Precursora agora transformada chorava e era consolado por um jovem de cabelos ruivos que se chama Alex Luthor. Ele explica que o Monitor se sacrificou para salvar as ultimas 5 terras energizando as maquinas que chamou de garfos vibracionais. E que agora ele precisava que a Lyla e o Pária chamassem todos os heróis das 5 terras restantes para que pudesse lutar contra a criatura que estava destruindo a as terras e o multiverso.
Todos heróis das 5 terras são convocados e lá Alex e Lyla explicam tudo:
Há muitos tempo atrás (bilhões de anos), uma raça de seres que já naquela época eram imortais e com poderes mentais enormes viviam em paz. Eram conhecidos como Malthusianos (futuros guardiões do universo). Um desses Malthusiano, conhecido como Kronar, queria descobrir o segredo do universo existir, criou uma maquina que permitia ir ao inicio dos tempos para observar a criação. Acontece que todos o avisaram dos riscos disso, mas ele em sua arrogância ignorou e fez o experimento. Acontece que tal feito permitiu que uma mão gigantesca que segurava nela uma caldo brilhante emergiu da fenda e nisso uma profunda explosão estremeceu o universo, criando uma copia exata dele em antimatéria e fazendo que o universo fosse multiplicado infinitamente, criando o Multiverso. Mas outro efeito e que no universo de antimatéria, foi criado uma lua com um ponto branco e no de matéria positiva na orbita do único planeta que não foi copiado em todo o multiverso conhecido como OA (futuro lar dos guardiões do universo), foi criada uma lua com um ponto negro. Em cada lua emergiu dos ponto um ser que era a encarnação de cada universo. Um maligno e outro benéfico. O maligno ficou conhecido como Antimonitor conquistou todo o universo de antimatéria e o outro conhecido como monitor ficou contemplando a criação estudando tudo. Num certo ponto da existência um sentiu o outro e entraram numa batalha que os deixou em exstasse. Num determinado ponto Pária que também era um cientista criou uma câmara de antimatéria para observar a criação, o antimonitor se aproveitando disso absorveu a antimatéria se libertando e no processo destruiu um universo de matéria positiva ficando mais forte. Quando ele percebeu que poderia destruir os universos de matéria e dessa forma ficar mais forte. Ele começou a executar este plano. O Monitor no processo também foi libertado e libertou o Pária e o fez seguir seu irmão maligno, pois agora ele ia aonde existisse uma presença maligna gigante. Isso deu tempo para o monitor catalogar todos os poderes de todos os heróis e vilões de todas as terras afim de lutar contra o antimonitor.
Terminado a explicação, foi informado que as terras salvas não estavam ainda fora de perigo pois o Antimonitor estava fazendo elas se fundirem, por isso um grupo de herois deveria ir para o antiuniverso afim de parar a maquina que estava fazendo isso. Nessa missão varios foram até lá lutar contra o antimonitor. Nessa batalha, a prima do Superman da terra ativa (terra principal) se sacrificou ao destruir a maquina e salvar o superman.
Fora de perigo da fusão das Terras, um grupo foi formado para informar os 5 mundos do perigo.
Nesse meio tempo o antimonitor estava criando um super canhão de antimatéria para destruir os 5 universos restantes. Nesse ponto o Flash se liberta e destrói a maquina do antimonitor, morrendo no processo.
Nas terras restantes os vilões se juntam e conquistam duas das três terras. Começa uma luta pelas terras Quando tudo parecia perdido Espectro, o espírito da vingança avisa a todos que o antimonitor viajou para o inicio dos tempos para acabar com o multiverso.
Todos os heróis e vilões se unem para lutar contra o antimonitor. um grupo vai para malthus tentar evitar que Kronar crie o universo negativo e o restante para o inicio dos tempo para deter o antimonitor. A luta em Malthus e perdida, pois os Malthusianos facilmente incapacitam os invasores. No inicio dos tempos, o antimonitor absorve o poder do ataque de todos os heróis juntos e usa para realiza seu objetivo que é destruir o multiverso. Nisso o Espectro o detêm usando a força mágica de todos os heróis mágicos das 5 terras. A luta e tão forte que tudo explode.
Depois da explosão se descobre que o multiverso deixou de existir, que agora a Terra e única, fundindo tudo que existia nas outras. Só existindo um único superman, uma única mulher maravilha. Mas devido a todos os heróis estarem no inicio dos tempos, aqueles que estavam lá e deveriam não existir, passaria a existir como uma anomalia temporal.
Mal eles descobriram isso o antimonitor atacou levando a terra para o universo de antimatéria e atacando com as criaturas das sombras. Os heróis novamente se dividem e vão para o mundo antimatéria lutar contra o antimonitor, mas dessa vez com uma estratégia. Na luta até Darkside se une a eles. Na luta eles descobrem que Barry morreu.
No final com a ajuda do Alex Luthor, Superman da terra 2 e Superboy Prime, o Espectro vence o antimonitor, ficando preso em outra dimensão.
Na terra Wally West veste o manto do Flash e um novo recomeço se inicia.
A partir desta Saga, as historias do Super Homem, do Batman, da Mulher maravilha e de outros foram recontadas.

Quem nunca leu, não perca mais tempo e leia e quem já leu, aproveite e releia. Clique AQUI para baixar as SCANS.

CONVITE!
Se você aprecia este tipo de postagem, lhe convido a se juntar ao nosso GRUPO no facebook que é dedicado a compartilhar curiosidades e imagens do passado antigo ou mesmo mais recente, desde que sejam curiosas e que nos tragam boas memórias.
 JUNTE-SE A NÓS: MEMÓRIA NERD 

Gostou? Curta nossa fanpage!

0 comentários :