sábado, 21 de janeiro de 2017


Continuando nossa série que aparentemente tem dado a audiência necessária para se manter, vamos falar de uma única série. Primeiro porque esta série, apesar de curta duração conseguiu arregimentar uma legião de fãs em todo o mundo, que fizeram de tudo para tentar salvá-la. A pressão foi tão grande que o criador e os produtores decidiram fazer um filme de cinema derivado da série, alegando que seria um “encerramento” (o que não ocorreu a contento dos fãs e nem de quem não era).

Estamos falando da série FIREFLY (2002) que teve 14 episódios produzidos e apenas 11 exibidos (nos EUA) o filme do cinema é “Serenity” (nave utilizada pelo grupo). 
O maior inimigo de “Firefly” foi.......a FOX!!!! Mas não era a FOX quem produzia? Sim, era. Mas a FOX é conhecida por não partir em salvação das séries que exibe. Não faz campanha publicitária, não muda para horários de maior audiência (faz ao contrário) e cancela sem pensar duas vezes. No caso de Firefly a FOX suspendia sua exibição por qualquer motivo, seja um evento esportivo seja outro acontecimento qualquer. Resultado: baixa audiência. Consequência: cancelamento. 

A coisa já começou no piloto produzido por Joss Weldon, quando o pessoal da FOX não aprovou o roteiro porque o “capitão era duro demais”. Havia uma cena onde a tripulação se sujeita a um líder criminoso, e o pessoal da FOX achava que isto fazia com que a tripulação ”parecesse uns ‘Zé ninguéns’”. Também não queriam o formato wildscreem (Weldon usou um truque para forçar que a serie fosse produzida neste formato, posicionava os atores em extremos da tela). Exigiram então que Weldon preparasse outro roteiro num final de semana! Weldon então alterou o roteiro produzindo o piloto com o titulo de “The Train Job”. 

A história da série se passava no ano 2517, os humanos estavam chegando num novo sistema solar, acompanhamos os acontecimentos sobre a perspectiva da tripulação renegada da nave “Serenity”. O grupo era formado por 9 pessoas, e não pense que eram pessoas boas e heroicas. Na verdade cada um tinha um segredo e seus princípios não eram tão “altivos”, alias a tripulação incluía: um ladrão, um soldado, uma prostituta, um medico e sua irmã “esquisita”, um copiloto não muito corajoso, uma mecânica (talvez a mais certinha deles), uma mulher guerreira e um pastor. A série foi feita no estilo western, assim vemos planetas ainda não totalmente colonizados, onde a lei não é tão respeitada e um governo central chamado Aliança, que reúne Estados Unidos e China (huuummmm!). A abordagem da série é a do lado vencido numa guerra ocorrida antes. A parte da temporada exibida mostra as tentativas do governo (os militares) em recuperar a tal irmã do cirurgião, com o tempo descobrimos que ela tem algumas habilidades que são confundidas com esquizofrenia (ouvir vozes). 
A série tinha algumas coisas únicas (pelo menos na época): ela se utilizava de gírias que eram uma mistura da língua atual com expressões do futuro (incluindo o chinês); as cenas no espaço não tinham som como seria na verdade. 
Para terminar: a FOX além de implicar com o roteiro do piloto original, além de ordenar que outro fosse escrito, implicasse com o formato wildscreem, cancelasse a exibição por qualquer motivo, ainda exibiu os episódios fora da ordem criada por Joss Weldon!!!! Realmente a série não tinha como sobreviver.....

Leia Também:

Texto: Paulo Cirino

CONVITE!
Se você aprecia este tipo de postagem, lhe convido a se juntar ao nosso GRUPO no facebook que é dedicado a compartilhar curiosidades e imagens do passado antigo ou mesmo mais recente, desde que sejam curiosas e que nos tragam boas memórias.
 JUNTE-SE A NÓS: MEMÓRIA NERD 


Gostou? Curta nossa fanpage!

0 comentários :