domingo, 12 de fevereiro de 2017



Depois do péssimo filme feito pela FOX e protagonizado por Ben Affleck, o Demolidor finalmente conseguiu sua redenção pelas mãos da Netflix. Além de apresentar um Matt Murdock impecável, a serie nos presenteia com o incrível Vincent D'Onofrio's, como Wilson Fisk (o Rei do crime).

A rivalidade entre os dois personagens, certamente foi um dos pontos altos da serie, proporcionando fantásticos diálogos e  maravilhosas cenas de ação.

Nos quadrinhos, os antológicos encontros entre os dois personagens, sempre renderam ótimas historias e pra matar a curiosidade de muita gente, vamos relembrar como foi a primeira vez que Wilson Fisk e Matt Murdock ficaram frente a frente.

Publicada em Daredevil # 171, em 1981 e no Brazil em 1983, pela saudosa Editora Abril, o primeiro encontro do "Homem sem medo" com seu pior inimigo, foi escrito e desenhado pelo mestre Frank Miller e arte finalizado pelo polivalente Klaus Jason.
Pela devoção ao seu grande amor Vanessa, Wilson Fisk se aposentou e mudou-se para o Japão. Contudo, quando era o "Rei" de Nova Iorque, para se garantir, Fisk reuniu provas de crimes cometidos por seus principais homens. Desesperados em colocar as mãos nestes registros, os antigos capangas do Rei, cometeram o ato suicida de raptar Vanessa, para trazer Fisk de volta a Nova Iorque.

Em "O Rei deve morrer", Matt Murdock sabe que uma guerra está para começar e se disfarça de "matador de aluguel" para atrair a atenção de Fisk e conseguir um "emprego" com o Rei, que acabou de regressar do Japão para trocar os registros pela vida de sua amada.

Indo ao tradicional "Bar Josie's" nosso Demônio disfarçado, vai até ao balcão e diz para a garçonete:
"Eu estou procurando um homem, que está atrás de uma mulher...Uma mulher chamada VANESSA."
Dito isso, Tucão, o informante preferido do Demolidor, se levanta e rapidamente nosso "estranho sem nome" está rodeado de vários brigões. Na dinâmica arte de Frank Miller a pancadaria rola solta e depois de colocar todos fora de combate e causar bastantes estragos no Bar de Josie, nosso misterioso amigo consegue fazer com que Tucão concorde em leva-lo ao "Rei".
Entrando pelo bueiro, eles se esgueiram por tuneis e escadarias subterrâneas e levam o Homem sem medo para se encontrar com quem viria a ser seu maior inimigo. Chegando próximo do Rei, Matt sente um batimento cardíaco que mais parece um tambor e seu radar descreve a silhueta de um homem incrivelmente grande.


 O Rei diz ao forasteiro que ele tem um minuto para convence-lo a não mata-lo. "Shades", diz que é um exímio assassino profissional e depois de mostrar sua pericia lançando uma caneta no cano da arma de um dos capangas de Fisk, ganha a oportunidade de se juntar ao bando. 

Na primeira oportunidade, Murdock encontra o cofre de Fisk, afim de encontrar os registros da Máfia, mas ao vasculha-lo é surpreendido pelo "Rei" em pessoa.
O cofre escuro é iluminado apenas pela lanterna do Rei, que ao direciona-la para Shades, encontra apenas a figura do Demônio.


Usando toda sua mobilidade, o Demolidor "dança" em volta de Fisk, acertando inúmeros golpes e se esquivando de todos os contra-ataques de seu inimigo. Contudo, Matt começa a se cansar, enquanto o Rei aparentemente se recusa a cair. 
Sem conseguir levantar os braços, Matt é atingido por um único golpe do Rei, um direto que nocauteia o homem sem medo. 

Fisk havia marcado um encontro com os patrões do Mercenário para fazer a troca, os registros pela vida de Vanessa. O local, uma construção abandonada na nona avenida, o desfecho, desastroso.

Instruído para ir sozinho, Fisk chega ao local levando apenas uma valise, Vanessa está as suas vistas, amarrada e indefesa e no exato momento da troca, o Rei aciona um dispositivo sonoro de alta frequência, escondido na maleta, desestabilizando todos a sua volta.
"Está tudo acabado meu amor", diz Wilson para Vanessa, porém, uma misteriosa figura aciona um morteiro, que faz toda construção vir abaixo.

Em meio aos escombros, um grande homem emerge, balbuciando quase que inaudível o nome de...Vanessa.


 Lynch, o braço direito de Fisk aparece para salvar seu "Patrão" e rapidamente tirar o "Rei" do local. "Não a mais nada que o senhor possa fazer, a não ser encontrar os assassinos de Vanessa e se vingar", diz Lynch para seu empregador.
E Wilson Fisk responde: "O Rei deve faze-los pagar".


Fim da parte: 1

Espero que tenham gostado, logo vamos acompanhar o desfecho desta fantástica historia, que definitivamente figura entre...

..."Os grandes momentos MARVEL"...Até lá!

 

 

Gostou? Curta nossa fanpage!

0 comentários :