sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

 
Durante todos estes posts consideramos quase todos os gêneros, vimos os roteiristas tentarem novas ideias, vimos tentarem remakes de séries já consagradas, vimos tentarem spinoffs de séries de sucesso comprovado e embora talvez já tenhamos considerado algumas que se encaixem na categoria de hoje, vamos considerar séries que se derivaram de relativos sucessos de cinema. 

Podemos começar com "MINORITY REPORT" que se deriva de filme de mesmo nome estrelado por Tom Cruise. Desnecessário dizer que não se trata de um grande sucesso de fato, aliás é uma seria candidatada a uma das piores adaptações de Philip K Dick do cinema (não que as demais sejam assim tão fiéis ou boas). A série de 2015 se passa após os eventos do filme do cinema. Os três "cogs" libertos resolvem cada um a seu modo se adaptar à sociedade. Um deles usa seus poderes para se tornar um poderoso homem de negócios. A menina decide-se por morar numa fazenda isolada a princípio junto com o terceiro rapaz do grupo. E é este personagem, o mais fraco dos três que decidiram optar para aparecer na série. Ele é de longe o personagem mais insosso da trama e não provoca a mínima empatia dos telespectadores, ele precisaria então de um contraponto. Assim ele trabalha com uma agente badass da polícia, a atriz Meagan Good (em quem colocam um figurino uns números menores para realçar seus ..... atributos físicos. Quando não se tem roteiro......), que vai procurá-lo para que ajude em um caso. Ele gosta de usar seus talentos para isto é passa a trabalhar com a agente....Tudo muito interessante no papel, na série chegava a entediar.....CANCELAMENTO!

A outra série também de 2015 é "LIMITLESS". Não posso nem dizer se o filme é bom porque não assisti. Mas é estrelado por Bradley Cooper (ator que eu gosto) e já me deram boas referências. Na serie Brian Finch (Jake McDorman) é mais um rapaz comum de 28 anos, tentando encontrar algo em que realmente seja bom na vida. Ele encontra a solução de seus problemas quando é apresentado ao NZR, uma droga misteriosa que atua em sua cognição e libera a possibilidade de ele usar 100% da capacidade de seu cérebro. Ele então começa a trabalhar como consultor para o FBI, junto à Agente Rebecca Harris (Jennifer Carpenter), ajudando a resolver casos misteriosos com suas novas habilidades. Porém, ele também tem contatos clandestinos com o Senador Edward Morra (Bradley Cooper), que também é usuário de NZT e tem seus próprios planos para o protegido. A serie teve 22 episódios e apesar de ter boas críticas o canal que a produzia achou a audiência abaixo do esperado e...........já sabem! 

Finalmente chegamos a "RUSH HOUR" de 2016. Aqui eu pergunto: precisava mesmo uma série baseada nos filmes do cinema? Não tenho nada contra os filmes, embora a história enfraqueça e bastante nas continuações (Jack Chan visivelmente não queria fazer), mas o formato detetives-que-nao-se-suportam-vão- trabalhar-juntos já saturou! O piloto é o primeiro filme do cinema reduzido e sem talento. O ator que substitui Chan é muito fraco e o outro tentando imitar Tucker não ajuda. Além disto, a coisa fica na formula um caso por semana(resolvido num 'estalar de dedos', embora tenha uma mitologia de fundo: acabar com a gangue de 'Quantou'. Para mim foi um total desperdício de película, uma série desnecessária, e portanto cancelada. E não fique com raiva de mim, o público americano também não gostou. A audiência de "Rush Hour" ficou abaixo de "Code Black" que já está com os dias contados.........

Pessoal o próximo post é o de número 34 (dãããaaa! Claro!) e quando esta serie de artigos começou em janeiro, ao chegar ao 17 post foi feito um review ou um apanhado de todas as séries abordadas e suas respectivas partes. Faremos o mesmo após o 34º post. Porém, não sabemos se os post continuarão diários, como já disse antes dependemos de audiência (por assim dizer) e ouve uma queda nos números. Assim estamos na expectativa como os fãs da série "O Exorcista"........

Talvez também queira ler: 

CONVITE!

Se você aprecia este tipo de postagem, lhe convido a se juntar ao nosso GRUPO no facebook que é dedicado a compartilhar curiosidades e imagens do passado antigo ou mesmo mais recente, desde que sejam curiosas e que nos tragam boas memórias.
JUNTE-SE A NÓS: MEMÓRIA NERD

Gostou? Curta nossa fanpage!

0 comentários :