domingo, 19 de março de 2017



 É com bastante tristeza, que noticiamos a morte de uma das maiores lendas dos quadrinhos, Bernie Wrightson. O inigualável ilustrador, que ao lado de Len Wein, criou o Monstro do Pântano faleceu aos 68 anos em decorrência de sua batalha contra um câncer cerebral .


 Bernie, que já havia se aposentado em janeiro deste ano, se tornou um mestre dos quadrinhos de terror, criando obras maravilhosas, ficando mundialmente conhecido pelos seus trabalhos em Monstro do Pântano, Batman e Aliens. 

 Atingiu o seu ápice, quando ilustrou de forma espetacular, a adaptação do romance Frankenstein, de Mary Shelley.

 Sua esposa Liz Wrightson,  postou no site oficial do artista, os seguintes dizeres:

"É com grande tristeza que devo anunciar o falecimento do meu amado marido, Bernie. Agradecemos por todos os anos de amor e apoio."

  Bernie Wrightson nasceu em 27 de outubro de 1948,  em Baltimore, Maryland/EUA. Inspirado pelo desenhista Frank Frazetta, que conheceu em uma convenção de quadrinhos, Bernie começou a produzir suas próprias historias. Em 1968, graças ao editor Dick Giordano, conseguiu seu primeiro trabalho como ilustrador na revista Casa de Mistério # 17.


 Em 1971 ao lado do escritor  Len Wein, criou o Monstro do Pântano para a DC Comics e em 1976 passou sete anos desenhando 50 ilustrações para a fantástica adaptação de "Frankenstein", considerada por ele e pela maioria dos fãs, como seu melhor trabalho.

                                                                                                                                
 Já em 1989 desenhou de forma brilhante, a ótima minissérie Batman: O Messias.


 Como artista conceitual, trabalhou em inúmeros filmes de terror e fantasia, como Caça-Fantasmas, Terra dos Mortos e o Nevoeiro, entre outros.

  Descanse em paz Bernie Wrightson, sua obra e seu legado então impressos nos corações de todos os fãs de suas fantásticas ilustrações.







Gostou? Curta nossa fanpage!

0 comentários :