segunda-feira, 22 de maio de 2017


Produzida por Jim Starlin e  Steve Leialoha e publicada originalmente em "WARLOCK"#11 em fevereiro de 1976, a história "A Estranha morte de Adam Warlock" chocou os fãs do "Gladiador Dourado".

Para salvar Warlock, Gamora e Pip, dos impiedosos mercenários de Magus, Thanos teletransporta a todos para sua Arca Espacial e chegando lá, esclarece a real situação para o "Destruidor de falsos Deuses".

"Seu suicídio é a única forma de derrotar seu alterego!" 

diz o Titã louco para Warlock e Adam responde:

"Pois bem, acione seu veiculo do tempo, Adam Warlock está preparado para destruir sua própria alma!"

Neste exato momento, o grupo é surpreendido por um portal dimensional que abre caminho para a chegada de Magus e seu exercito de Demônios. Uma batalha de proporções épicas tem inicio e lado a lado, Warlock, Thanos, Gamora e Pip lutam bravamente uma guerra que não pode ser vencida.

Ciente de que o fim está próximo, Thanos convence Adam a usar a Joia Espiritual para absorver as almas de todos os Demônios.


Enquanto o Titã louco enfrenta Magus em uma luta mortal, Warlock usa a maquina do tempo do vilão para ir de encontro do seu destino.

Chegando a estrada de sua vida onde seu futuro pode ser destruído, Adam se depara com o "Intermediário", que está lá para cumprir os desígnios do "Caos" e da "Ordem". 


Surpreso, Adam descobre que por mais estranho que pareça, Magus é o campeão da vida, apesar de brutal, ele é o único capaz de garantir a estabilidade do universo. 

"A vida precisa de um campeão para defende-la contra a ascensão do servo da morte!" relata o Intermediário.

Para a surpresa da entidade, Adam encontra a encruzilhada de sua existência e usando o poder da Joia Espiritual, destrói a linha temporal que está manchada pelas trevas de Magus.


A estrada que leva a criação de seu alterego foi destruída e uma nova deve tomar seu lugar. 

Em algum lugar um mês ou dois no futuro, Adam Warlock se depara com ele mesmo em seus momentos finais e com uma voz reconfortante e segura, diz a si mesmo:

"Se você sabe por que estou aqui, também deve compreender que eu não desejo executar o que será feito agora!"

E seu outro eu responde:

"É claro que eu compreendo! Não somos nós dois a mesma pessoa?"

"Eu estou morrendo e você veio roubar minha alma para que ela não se transforme no inimigo que derrotei meses atrás! Tudo que mais me importava, ruiu como um castelo de areia e todos que eu amava morreram! Minha vida inteira foi um fracasso e eu agradeço este fim!"

Dito isso, o Adam Warlock do passado, absorve a alma do Warlock do futuro, um universo desaparece para renascer novamente, sem ter sido corrompido por Magus e sua Irmandade Universal.


De volta a sua linha temporal, Warlock se depara com um universo que jamais conhecerá Magus e seus seguidores, porém, quando se destrói um falso Deus, adorado pelos homens, não tarda muito até que encontrem outro para substituí-lo.

Gostou? Curta nossa fanpage!

0 comentários :