quarta-feira, 17 de maio de 2017


Publicadas originalmente em 1975 em Strange Tales n° 178 e 179, estas duas histórias são de vital importância para o "Destruidor de falsos Deuses", pois apresenta para os leitores o maior inimigo do "Gladiador Dourado".

Em "Surge o Magus" nosso herói falha miseravelmente ao tentar salvar uma jovem que procurava por ele, mas foi assassinada por integrantes da Irmandade Universal da Verdade, um Império religioso que se espalha rapidamente por todo universo.

Usando o poder da Joia Espiritual Adam derrota seus inimigos, que fogem em retirada, mas a jovem cujo nome "Ele" jamais saberia, pereceu sob sua proteção.

Se sentindo culpado e querendo respostas, o Gladiador Dourado usa a Joia Espiritual para trazer a alma da jovem de volta ao corpo inerte. A alma retoma a sua antiga morada e conta a Warlock toda verdade sobre a "Irmandade Universal" e seu líder supremo Magus, um ser que surgiu a cerca de cinco mil anos atrás. Se Adam quisesse saber mais sobre ele, deveria primeiro saber mais sobre si mesmo.

Subitamente em meio ao relato, Magus aparece mentalmente para Adam, para contar-lhe ele mesmo o grande segredo...



...Adam Warlock e Magus, são a mesma pessoa. 

Como derrotar uma parte de si mesmo, sem se auto destruir? Como lutar contra um inimigo, que é tudo que você é, somado a tudo que você mais odeia? 


Na segunda história intitulada "A nave da Morte", nosso Herói é interceptado na vastidão estelar, por uma nave da "Irmandade Universal da Verdade". 



Subestimando seus inimigos, o "Destruidor de Falsos Deuses" vira presa fácil e é encarcerado com inúmeras criaturas sobreviventes da guerra de "Magus" e dentre eles, o que viria ser seu grande amigo e ajudante "Pip, o Troll". 

Com a ajuda de Adam Warlock, uma rebelião acontece e em meio a fuga em massa, o "Gladiador Dourado" tem que enfrentar o Comandante da nave Autolycus em um longo combate.

Perto de ser derrotado Adam é surpreendido pela "Joia Espiritual", que é ativada independente de sua vontade e ao lançar uma poderosa rajada de energia no Comandante Autolycus, faz com que a mente de Warlock exploda em um turbilhão de imagens e a vida de Autolycus passe diante de seu olhos. 


De alguma forma, além da compreensão humana, a "Joia" havia roubado a alma e a essência vital daquele ser. 
Agora lado a lado com seu novo amigo Pip, nosso Herói vai ao encalço de Magus na imensidão do espaço, ciente de sua missão de destruir o falso "Deus".

Gostou? Curta nossa fanpage!

0 comentários :