quinta-feira, 11 de maio de 2017

No final de 1986, após o evento Crise nas Infinitas Terras, vários personagens da DC Comics, tiveram suas origens recontadas e atualizadas seguindo os planos defendidos durante o evento que era trazer para o presente estes personagens.
Um deles, no caso o mais importante de um grupo seleto de personagens foi o Superman.

O Superman que antes da crise tinha poderes de um Deus, podendo pegar luas com as mãos e arremessa-las ou mesmo viajar no tempo sem nenhum problema, teve todos estes poderes reduzidos a uma escala bem menores.
Isso tudo gerou um mimimi enorme entres os fãs do personagem, que não aceitavam estas mudanças.
Para executar as mudanças foi chamado John Byrne, um famoso desenhista e roteirista de histórias em quadrinhos inglês naturalizado canadense.
Ele aceitou a tarefa e fez um trabalho maravilhoso ao redefinir a origem do personagem, sem para tanto descaracteriza-lo.
As mudanças foram na força dele e na explicação de como ocorriam. Ele agora era o único sobrevivente. Também só havia um tipo de kryptonita (verde) e ela afetaria também humanos por longa exposição. A roupa do super era feita de tecido normal, porém devido as células dele absorverem poder do sol, estas converteriam parte dela em uma bio-aura que protegeria a pele dele e tudo que tocasse ela bem de perto. Lex Luthor agora era um empresário inescrupuloso e sedento de poder e não enfrentaria mais o super de frente. E claro que varias outras mudanças.
A primeira edição desta nova origem zerou a publicação e mostrou um Krypton diferente, onde as relações sociais eram frias e solitárias. Somos apresentados a um Jor'el e uma Lara com roupas protetoras corporais plenas (que depois viemos, a saber, que são roupas que além de protetoras, tem a função de cuidar e estender a vida). Eles dois discutem o final do planeta krypton, que reações internas estão acabando com a crosta planetária que em breve ela não resistirá e matará a todos. Que não há mais tempo, pois mesmo que evacuassem o planeta, devido a pressão do núcleo, uma forma de mineral extremamente radiativo verde havia se formado é contaminado todos os seres do planeta. A única chance, seria mandar a matriz gestacional de seu filho não nascido para outro mundo, já que a matriz é forte e resistente a radiação e o protegerá de um voo hiperespacial.
Lara fica horrorizada ao ver o planeta escolhido para o seu filho não nascida. Pois os habitantes expõe suas peles ao planeta sem proteção. Jor"el, explica que o lugar para seu filho será um paraíso, pois devido a gravidade do planeta e a estrela amarela a qual o planeta orbita ser mais nova e maior, suas células kryptonianas iram agir com baterias vivas, dando a ele poderes quase de um Deus. Após isso, tremores e explosões assolam todo o planeta e eles lançam a capsula adaptada a matriz gestacional ao espaço. Antes que o planeta exploda, Jor'el e Lara se abraçam e demonstram um sentimento que havia sido aprisionado por anos dentro de uma sociedade fria e isolada e se beijam declarando todo o seu amor um ao outro. Dessa forma ficamos sabendo que o Super-Homem, era o unico sobrevivente de Krypton
Dessa forma numa grande explosão termina o primeiro exemplar de Superman. No segundo exemplar, somos apresentados a um Clark Kent, ativo, bem humorado e astro de futebol no colégio, onde ele praticamente fazia tudo sozinho e seus colegas ficavam chateados. Seu Pai, Jonathan Kent, com um ar chateado e serio, chama seu filho e o lhe mostra algo no fundo de um antigo celeiro. A verdade chega de forma direta e forte. No interior do celeiro, jaz uma nave, que segundo seu pai, trouxe ele dentro dela. Clark tenta se aproximar da nave, mas fica exausto e cansado e se afasta junto de seu pai, sem perceber que ao lado da nave, há uma pequena pedra verde brilhando.
Se passam alguns poucos anos e clark agora um adulto, ajudando as pessoas em segredo em metrópolis, assiste um voo de um ônibus espacial onde a repórter Lois Lang esta a bordo. Um erro no veiculo, o faz cair igual a uma pedra em direção da plateia, que o faz ter que agir colocando sua identidade em risco. Ele salva o ônibus e antes de sair, é confrontado por Lois, que o pergunta quem ele é, e como fez aquilo, antes de poder falar algo, ele foge e vai até a casa de seus pais no Kansas. Lá com os pais dele, ele diz que não sabe o que fazer, pois se assumir esta identidade em publico, perderá o acesso dele a liberdade e colocará em risco a todos que ama. Os pais dele o ajudando a criar uma roupa de cor azul bem justa ao corpo, já que eles perceberam com o tempo que as roupas presas ao corpo dele ficam indestrutíveis, colocam uma capa e um símbolo em S, para finalizar a roupa. Para disfarçar o clark, usando cabelos penteados para traz, óculos e curvar o corpo para traz.
No terceiro exemplar , ele age há dias Metrópolis, salvado a todos a agindo com um anjo salvador e sendo perseguido por Lois Lane que queria porque queria entrevista-lo. Tinha até dado um nome para ele, SUPER-HOMEM. Após muito tentar consegue e descobre que ele não sabe a origem de seus poderes mas não, mas que tem vários poderes, mas não sabe os limites dele. Quando ela volta para dar a matéria ao Perry (editor dela), se surpreende ao ver que já havia uma matéria sobre o Super-Homem, feita pelo novo repórter Clark Kent.

No quarto, exemplar , se passam dias, mas Lois ainda esta chateada com o Clark, pois ele ter realizado a entrevista primeiro do Super- Homem, vai com ele ao lançamento de super navio do mega empresário Lex Luthor, que é o homem mais rico de metropolis e um dos mais ricos do mundo. Ele recebe a todos e mostra interesse pelo Super-Homem. Num determinado momento, o navio e invadido por bandidos que sequestram a todos Super-Homem age e prende a todos e ainda levanta o navio no ar para coloca-lo longe do perigo. Dentro do navio Luthor agradece e deseja contratar o Super como seu guarda costas. Nisso Lois percebe que os seguranças de Luthor não estavam lá na hora do sequestro e se descobre que tudo foi armado, pois Luthor queria saber como eram os poderes do Super-Homem. A prefeita pede que o Super-Homem prenda. Após ser solto ele confronta o super e diz que nunca mais será preso e que agora ele fará de tudo para destruir a vida dele e mostrar a todos que ele é nada.
As outras edições mostram o encontro dele com o Batman, enfrentando Metallo e sendo exposto a Kryptonita. Nesta batalha e exposto a todos que ele não é da Terra. E salvo por pouco por Luthor que deseja a Kryptonita e não quer que ninguém além dele derrote o Super. Luthor passa a usar um anel de Kryptonita para afastar o super e também cria um clone do super (bizarro) Foi ai que o Luthor suspeitou da origem dele alienígena.
Numa edição ele é atacado por um holograma de Jor'el que passa a ele toda a historia de krypton. Dessa forma ele passa, a saber, sua origem Kryptoniana.
Byrne, introduz o Mister Mxyzptlk, um ser pentadimencional que adora criar jogos a fim de vencer o super.
Byrne ainda criou um especial, onde ele falava do Mundo de Krypton, onde o planeta tinha tido uma longa guerra de quase mil anos, onde toda uma cultura baseada em clonagem era questionada e lançava o mundo numa guerra que terminou num ovo atônico sendo lançada em seu núcleo para destruir o planeta. Após isso o Planeta adotou um filosofia isolacionista e de castas, sem contato físico.
Toda a contribuição de Byrne dentro da mitologia do Super, foi uma das melhores e fez com que estas ideias fossem trabalhadas até antes de Novos 52.
Quem tiver chance de ler esta fase, faça, que sem duvida nenhuma foi uma das melhores.
Contribuição do amigo: Marcello Paulino do Diário de Bordo.
CONVITE!
Se você aprecia este tipo de postagem, lhe convido a se juntar ao nosso GRUPO no facebook que é dedicado a compartilhar curiosidades e imagens do passado antigo ou mesmo mais recente, desde que sejam curiosas e que nos tragam boas memórias.
JUNTE-SE A NÓS: MEMÓRIA NERD

Gostou? Curta nossa fanpage!

0 comentários :