segunda-feira, 15 de maio de 2017

por Rafael Fabregat, Alexandre Kurt e Francisco Assis 

Segundo Syfy Wire, Johns anunciou que será o roteirista de Doomsday Clock, minissérie que coloca o Superman frente à frente com Dr. Manhattan e que deve servir como final para a história que está juntando o universo DC Comics e Watchmen.

Doomsday Clock vai concluir a trama que Johns iniciou em DC Universe Rebirth #1 e que foi continuada em "The Button", história que já foi concluída nos quadrinhos do Flash e Batman. A minissérie mostrará o confronto entre a esperança e otimismo do Superman com as ações cínicas de Dr. Manhattan no universo DC.

"É o projeto mais pessoal e mais épico, totalmente enlouquecedor no qual eu já trabalhei em minha carreira. Com o Renascimento, eu abri a porta para o Manhattan. Parte disso foi o amor que tenho pela influência que Watchmen tem no mundo real. Eu coloquei o Manhattan lá, e sempre pensei que havia uma história do Manhattan/Superman para ser contada, mas então... tudo cresceu. E cresceu. E dominou meu coração e alma. Ainda sim, no fundo da história, temos um ser que perdeu sua humanidade, e se distanciou disso, e um alien que encarna a humanidade mais do que a maioria dos humanos. Eu amo a ideia de que Watchmen influenciou a DC, mas como seria o contrário disso? E vai além disso."

Doomsday Clock tem início em começa em novembro, e não terá nenhum Tie-in. A história completa estará na minissérie, e não será necessário comprar outras HQs para entender tudo. Gary Frank será o artista e Brad Anderson o colorista.

Gostou? Curta nossa fanpage!

0 comentários :