sábado, 24 de junho de 2017


Exibido originalmente no Japão pela Fuji Television em 2 de janeiro de 1971 e aterrissando em terras tupiniquins somente 10 anos depois, a querida série “SPECTREMAN” conquistou inúmeros fãs ao redor do mundo, transformando o androide criado pelos “Dominantes” em um dos heróis mais populares dos anos 80.



Criado por Souji Ushio (pseudônimo de Tomio Sagisu) claramente influenciado pelo sucesso “O Planeta dos Macacos” a série conta a história de um androide alienígena construído pela antiga raça dos “Dominantes” (habitantes de Nebula 71) que foi enviado para a terra com o intuito de “intervir” e alertar a humanidade da destruição causada pela poluição.



Para não ser identificado pelos terráqueos, foi dada a ele a capacidade de se transformar em humano e com a identidade de Kenji (Tetsuo Narikawa) ingressou na “Divisão de Pesquisa e Controle de Poluição” para facilitar suas investigações e deixa-lo mais perto das catástrofes ambientais. Quando a “poluição” e as forças do mal ameaçavam a cidade de Toquio, Kenji solicitava a transformação dizendo:



“DOMINANTES, TRANSFORMAÇÃO, ÀS ORDENS.”


Se aprovado, os alienígenas enviavam um raio de Nebula 71 em direção ao humanoide, que brilhava e revelava sua verdadeira forma cibernética, transformando-se em SPECTREMAN (vivido por Kouji Uenishi, conhecido por ser o Ultraseven).


Extremamente forte e usando uma espécie de couraça super-resistente, o herói podia voar e alterar sua estatura física tornando-se gigantesco. 

Suas armas mais populares eram o Spectre-Flash (feixes de energias luminosas disparadas pelas mãos) e o Spectre-Blades (afiadas lâminas retráteis localizadas nos antebraços).


Seu maior inimigo era o hilário “Dr. GORI” uma espécie de macaco alienígena do planeta Épsilon, situado na Constelação de Sagitário. Detentor de um intelecto muito acima de qualquer um de seus compatriotas, Gori foi eleito líder de seu povo, porém quando seus planos de conquista universal foram descobertos, ele foi julgado e sentenciado pela sociedade de símios, a ter sua mente alterada para que todo mal existente fosse eliminado.

Contudo, um oficial do exército chamado "Karas", liberta o vilão que foge com seu novo comparsa para os confins do espaço.

Graças a uma tempestade eletromagnética sua nave chega ao nosso sistema solar e ao contemplar nossas riquezas naturais, Gori se revolta ao constatar que os humanos estão destruindo seu próprio planeta. Inconsolável, ele decide conquistar a terra e livrar o planeta de seu maior inimigo... A raça humana.

Quando paramos para raciocinar é impossível não concordar com o vilão, que ecologicamente correto, fazia questão de usar lixo reciclável como matéria prima para a criação de todos os seus monstros.

Em contra partida, querendo ou não, Spectreman acabava defendendo os interesses das grandes corporações poluidoras. Em sua defesa, vale lembrar que em varias momentos podemos ver o herói lamentando o fato do ser humano destruir constantemente seus recursos naturais, a ponto de em alguns momentos, a criatura questionar seus criadores.


Um grande fenômeno da TV mundial, que marcou uma geração de Spectre-fãs, que quando ouviam a impactante musica da abertura (uma das melhores do gênero) ficavam “as ordens” com os braços estendidos lançando seus Spectre-Flash na frente da TV.


GALERIA 


KARAS

GORI

Gostou? Curta nossa fanpage!

0 comentários :