sexta-feira, 30 de junho de 2017


Super Aventuras (no original “Manga Sekai Mukashi Banashi”) é uma animação japonesa de 1976 que revolucionou o conceito de desenhos animados.


Produzida pela Dax Internacional a serie tinha a peculiaridade de apresentar contos da literatura universal, adaptados em forma de desenhos animados para o publico infantojuvenil. 


Com pouco mais de 10 minutos, cada episódio narrava de forma resumida, mas muito eficiente os principais clássicos da literatura moderna (“Frankenstein”, “O Quebra Nozes”, “O Filho do Vampiro”, “Drácula”, “O Príncipe e o Pobre”, “Romeu e Julieta”, “Os Miseráveis”, “O Gato de Botas”, “O Flautista de Hamelin” e “O Magico de Oz” só para citar alguns).


Usando uma forte carga dramática que tinha o intuito de mexer com a emoção dos pequenos telespectadores, o desenho usava e abusava de temas musicais pesados e marcantes, proporcionando uma experiência única e inovadora para a época.


No Brasil foi transmitido pela saudosa TV Manchete no ano de 1984, dentro do programa “Clube da Criança” e tinha a voz de Neyda Rodrigues (infelizmente já falecida) como narradora oficial.


Uma curiosidade interessante, é que os personagens que aparecem na abertura (o rapaz, a moça com chapéu de bruxa, o cachorrinho amarelo e o misterioso homem do violão) nunca apareceram em nenhum episódio da série.


Contando com 124 episódios (alguns inéditos no Brasil) “SUPER AVENTURAS” era um banho de cultura diário para o imenso publico infantil do “Clube da criança”, que tinha a grande oportunidade de ter contato com obras literárias tão importantes, tão cedo e de forma fácil e acessível. 


Um grande contraste com as séries animadas produzidas hoje em dia, que além de apresentarem péssimas noções de anatomia, primam pela rapidez de produção digital, criando séries dispensáveis, sem alma e com desenhos mal feitos e estilizados em excesso.


Em uma época de incontáveis “remakes” seria muito bem vindo uma nova versão deste importante clássico, que enriquecia de forma efetiva, a imaginação de toda uma geração que se emocionava, chorava e sorria diariamente, vivendo estas incríveis “super aventuras”.

Gostou? Curta nossa fanpage!

0 comentários :