quarta-feira, 5 de julho de 2017

CROSSPLAY... Apesar de muito ser ouvir sobre essa expressão e de longe não ser mais novidade, ainda existe muita gente que não sabe o que é.
Cross - misturar, oposto, contrário, se resume a usar o cosplay de um personagem que tem o gênero contrário ao seu: Mulher usando personagem Masculino e Homem usando Personagem Feminino.
Apesar de isso ser bem simples e até se transformando em algo comum em eventos, existe um certo preconceito aos que praticam Crossplay. Vale lembrar que tudo não passa de um hobby, diversão e nada de preconceitos, gente!
Para mulheres fazerem o Crossplay é uma tarefa até mais simples, até porque principalmente uma nos mangás os personagens geralmente possuem rosto fino e traços delicados e geralmente a tarefa mais dificil é esconder os peitos.
Kaname de Athena
Já os homens passam por uma mçao de obra muito maior: diminuir os traços masculino: usar maquiagem para esconder a barba, cinta para desenhar melhor a cinturinha, enchimento para ganhar peito, aprender a usar salto e lidar com o cabelão e muita muita maquiagem e são poucos os corajosos que se arriscam e quem consegue fazer bem feito.

Pensando em propagar melhor esse hobby, fiz uma entrevista com Lucas Amarante Medina Machado, de 27 anos, direto de Porto Alegre/RS, um atuante de Crossplay que tive o prazer de conhecer melhor no último evento do Tanuki World Fest.

Segue a entrevista:

- Quando começou a fazer cosplay?
Lucas Kaname: Em 2011, quando descobri através de meus amigos, que me convidaram e eu fui, no início, conhecia alguns animes e desenhos da época, mas depois daquele dia, tudo começou a mudar, o primeiro anime nunca esqueço, Vampire Knight ... É perfeito

- Você mesmo confecciona seus cosplays e acessórios?
Lucas Kaname: Alguns deles sim, mas sempre tenho suporte da minha equipe Diva Cosmaker, Ana Diva minha modeliza e costureira, costura, enquanto eu auxílio ela na montagem dos moldes e o esposo dela, cosmaker e técnico em química Kaoru Sada , me ajuda na parte de confecção das peças e suporte elétrico, e também tem a equipe da Reunion Cosmaker, que sempre me auxilia também. É muito bom estar e ter o auxílio deles

- Quando iniciou a realização de crossplays? E porque?
Lucas Kaname: Foi em 2014 eu comecei fazendo meu primeiro crossplay, Kaito da animação cibernética Vocaloid , da versão Venomania Madness of duke, na época eu queria fazer que me fizesse perder a timidez, pois me sentia diferente, eu queria fazer algo, que outros jamais teriam visto, ou que tivessem coragem pra isso, sendo que, nisso eu vi que tinha meninos que faziam cosplays masculinos e ficavam bem, mas quando tinha uns homens q fazia ao contrário, geral levava para o lado da piada, comédia ou até mesmo bullying, ae pensei comigo... " porque fazem piadas com pessoas que admiram ou até mesmo , queriam se vestir e interpretar aquele personagem? qual o problema em se vestir assim? ``
Kaito - Vocaloid - Primeiro Crossplay 


Nessa época conheci a famosa Cosplayer Reika que fazia cosplay de Levi, do anime Shingeki no Kyojin, que logo depois eu faria meu segundo crossplay que seria a Christa Reinzz, que assim resultou de forma brilhante, meu primeiro lugar no desfile cosplay do evento Adventure festival.
Christa Reinzz -  Segundo Crossplay que foi premiado

Foi perfeitoooo, até hoje lembro daquele momento: Foi lindo um crossplay, levantando a medalha de primeiro lugar em meio a tantos cosplays bem feitos e detalhados
E complementando: queria fazer isso por que eu olhava que tinha pessoas, que também queria fazer alguns cosplay do mesmo modo que eu faço atualmente 

- Você já teve alguma situação embaraçosa, preconceito, bullying, por fazer crossplay?
Lucas Kaname: Já, muitas situações onde qualquer que não fosse como eu. Já teriam desistido , fui criado em uma família onde minha mãe nós criou sem meu pai por perto (só dava pensão e lá de vez em quando vinha me visitar) . onde meus irmãos são bem diferentes de. Mim (prazer sou a ovelha negra da família :v )

Ravena e Zatanna no Tanuki World Fest

Quando iam nós eventos, alguns pensavam e até hoje pensam , que eu sou uma mulher ( gente eu sou hétero, isso tudo é apenas um hobby, a arte da interpretação, nada mais ) atualmente já conhecem mais o meu trabalho, então já me sinto mais firme, e falar sobre isso. Eu sempre gostei de teatro, cinema, tirar fotos, ver vídeos, sorrir para as câmeras e graças ao apoio de meus amigos, tenho mais forças e foco para continuar o que sempre estou fazendo: vencer os preconceitos e espalhar o bem através da cultura e incentivo

- Além de cosplay, você faz outras atividades artisticas? ta buscando outras profissões, atividades?
Lucas Kaname: Sou youtuber, divulgou conteúdos de cosplays, tutoriais de maquiagem e e um pouco dos eventos, sou cosmaker, logo pretendo me aperfeiçoar e quem sabe, obter um patrocínio, para espalhar ainda mais meu trabalho e dar palestras motivacionais a quem acha que não podemos vencer barreiras ou acreditar em nós mesmos. E pretendo fazer mais cursos de maquiagem e curso de assistência social

- Você tem algum personagem que sonha muito em dar vida?
Lucas Kaname: Simmmm. Mds tenho sim, a andróide 2B do game nieR Automata e a Athena com a armadura divina.
Projeto em andamento 
Yorha 2B - nieR automata

- Você admira o trabalho de algum cosplayer / cosmaker? É sua fonte de inspiração?
Lucas Kaname: Bah vários, ao começar pela Reika Arikawa, que faz belos cosplays, a Chiri Chiri que sempre me incentivou muitoooooo ^^ , meus cosmakers Ana Diva e Kaoru Sada, que sem eles, o Kaname não existiria, ao meus amigos Anthony, Gabriel e Lucas Fernando que me convidaram ao meu primeiro evento de cosplay , olha a lista é grande mesmo tá , e a todos os meus amigos e pessoas que me acompanham até hoje. 
Satsuki Kiryuin - Kill la Kill

Minha fonte de inspiração? Meus amigos são minha fonte, sem eles eu nem consigo me requer, muito menos ter coragem para fazer o que faço, quando subo no palco e para eles que eu espero ver de lá de cima, por que eu comecei como eles, e sei das dificuldades que todos nós temos no dia a dia, e também tudo que temos, para uma hora ou até mesmo, minutos... Para mostrar, o que realmente somos :3. 

- Você tem namorada, certo? Como ela se sente referente a você fazer crossplay?
Tenho sim😍 . No início ela não entendeu muito, mas quando ela viu que tudo era no sentido da arte, ela aceitou de boas, graças a ela, tenho um incentivo grande e dos meus amigos. Referente ao crossplay , bom é meio diferente, assim digamos, por que nem todos estão prontos a ver "duas meninas" se beijando, mas isso faz parte do contexto, mas tento não expôr de forma espontânea, até porque ela não se sentiria bem, em ter nossa relação tão aberto ao público, mas graças a deus estamos muito bem e felizes juntos (beijos amor te amo 🙈😘)
Sona - Um dos seus Crossplays Favorito

Qual a parte mais difícil de fazer uma personagem mulher?
Lucas Kaname: Bah kkkk lá vem ela kkk Depilar as pernas, fazer as unhas, andar de salto alto ou fino, e ter que ouvir piadinhas dos otakus :v kk , sem contar que sempre querem apalpar meus peitos, detalhe são falsos , mas mesmo assim querem :v É cômico e trágico

Lucas Kaname: Tem uma entrevista em video que conto isso tudo melhor 

Quer conhecer o Kaname???

Segue ele lá:

YOUTUBE -Kaname Kuran
FACEFBOOK - Kaname Cosplay


Gostou? Curta nossa fanpage!

0 comentários :