segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Conforme anunciamos aqui no A&C em março deste ano, estreou em 25 de julho a nova série que aborda o sobrenatural "MIDNIGHT, TEXAS". A série tem por base a trilogia de livros lançada por Charlaine Harris entre 2014 e 2016, lembrando que a autora também escreveu a série de livros "The Southern Vampire Mysteries" dos quais se derivou o seriado "True Blood".





"MIDNIGHT, TEXAS" acompanha a vida de Manfred Bernardo (François Arnaud), um 'trambiqueiro' da internet que vende serviços psiquicos. Acontece que Manfred de fato é capaz de falar com os mortos (habilidade herdada de sua avó), e justamente por isto ele acaba se metendo numa situação difícil com sua melhor cliente. Para piorar as coisas ele também recebe um telefonema ameaçador de alguém a quem sua avó devia e que estava vindo para 'cobrar' a dívida (sim, ele também herdou a dívida de sua avo). 

Manfred foge da cidade e aconselhado pelo espírito de sua falecida avó, acaba se dirigindo para a pequena cidade de Midnight, que claro fica no Texas. Segundo sua avó lá ele 'ficaria em segurança' e 'se sentiria em casa'. Mas não demora muito para Manfred descobrir que a pequena cidade não é bem o que ele pensava.

Lemuel, Olivia e Fiji
Logo ao chegar ele esbarra com Olívia Charity, uma sexy e 'badass' 'hitgirl' (assassina de aluguel) e através dela acaba conhecendo Lemuel Bridger (Peter Mensah) um vampiro súcubo (sua história é contada nos capítulos iniciais). Também fica conhecendo o Reverendo Emilio (Yul Vázquez) um sujeito um tanto sinistro e com um 'pequeno' segredo, Fiji Cavanaugh (Parisa Fitz-Henley) a 'bruxa boa' da vez (um tanto chata) e posteriormente Joe Strong (Jason Lewis) um anjo caído que também guarda um segredo. 
Reverendo Emilio
Creek, o interesse amoroso
Mas também existem pessoas normais (ou quase) na cidade, como por exemplo Creek Lovell (Sarah Ramos) seu interesse amoroso mas com um pai 'pavio curto' que não gosta que olhem para sua filha "daquele jeito".

Como podemos notar Midnight é uma cidade bem diferente, com vampiros, assassinos profissionais, 'tigromem' (não, não escrevi errado), anjos, bruxas, súcubos e outros seres, e naturalmente Manfred logo descobre que caiu bem no meio de uma grande ameaça e que ele próprio terá um papel importante na guerra que se aproxima....


Sexo "vampírico"
Mas o que esperar? 

Bem os fãs de "True Blood" precisam estar preparados para assistir uma série bem diferente. Enquanto "True Blood" adotava um tom escuro nas imagens e nas histórias, "Midnight" apresenta imagens claras, ensolarada e coloridas, estranhamente até nas cenas noturnas (exceto nos episódios que pedem um suspense maior). 

Os episódios iniciais não aprofundam muito a mitologia central, estão ainda na fase de 'apresentação' dos personagens e das subtramas. Isto significa que será necessário um pouco de paciência até que a história 'engrene'. 

A série tem potencial? Talvez. Especialmente se considerarmos que "Wynonna Earp", uma série que estou fazendo um tremendo esforço para terminar a primeira temporada, foi renovada apesar de fraca. 

Mas você mesmo pode chegar a suas próprias conclusões assistindo aos episódios que já estão disponíveis na net.....e no trailer legendado abaixo: 






Gostou? Curta nossa fanpage!

0 comentários :