segunda-feira, 23 de outubro de 2017

Spider-Man: The Animated Series é provavelmente um dos melhores desenhos dos anos 90. Quando criança eu achava muito bom. E hoje, já com 30 anos, vejo como esse desenho envelheceu bem, como ele caracterizava muito bem a maioria dos personagens e como a adaptação era bem feita. Enfim, uma obra prima do cabeça de teia.
Foi aqui, nesse episódio, que vi Peter abrir mão de muito poder. Aqui vi ele entender muito bem a frase dita pelo seu tio Ben. Aqui ele sacou que não estava sendo responsável pelo poder que tinha nas mãos. E para demonstrar mesmo que sacava de responsabilidade, abriu mão do manto negro.

Quanto mais poder, mais responsabilidade. Máxima e assertiva frase. Existem 3 tipos de pessoas: as que querem poder e assumem todas as responsabilidades, as que não querem poder para não ter responsabilidade nenhuma e a mais filha da puta das três, as que querem poder mas não querem assumir porra de responsabilidade nenhuma.
Esse último tipo vive de aparência e quando devem assumir a responsabilidade, somem. Saca aquele cara com ego inflado e que usa do seu poder para abusar dos outros e tirar vantagem disso? Pois é. Tomem cuidado com ele. A busca pelo poder é algo completamente normal, todo homem "pensante" vive com esse objetivo, afinal grana, realização, beleza e principalmente conhecimento são apenas formas de exercer influência e em consequência, poder. Mas tudo isso muito bem dosado.
Mesmo os super heróis, seres extremamente poderosos, não se enquadram nesse ultimo exemplo (não a maioria pelo menos). Eles sacam que tudo que fazem têm consequência. E quanto mais fazem, mais consequências existem. Talvez seja esse o motivo do nosso fascínio por eles. Escolher ser responsável, quando não haveria necessidade. Escolher ser bom, quando o oposto seria mais fácil. (já escrevi sobre isso por aqui. Seja forte, seja bom:  
Essa busca incessante por encontrar o seu lugar no mundo onde vivem e serem úteis, bons, poderosos e responsáveis com suas habilidades para o bem comum, é uma metáfora excelente de cada um de nós colocando em prática todo seu potencial na máxima qualidade e caráter.
E mesmo diante de tudo isso, a ideia deles não serem perfeitos, passarem por dilemas e muitas vezes errarem, nos dá a perfeita e "foderosa" dimensão, de que o poder não está vinculado a perfeição, mas sim a força de realizar e nunca desistir.
Em nosso dia-a-dia temos toneladas de oportunidades de sermos um pouquinho como eles. Não to falando de collant, mamilos, ou mesmo sair fazendo justiça com as próprias mãos, munidos de um codinome estilosão. Tô falando de ser um profissional comprometido com seu trabalho. Exemplo e porto seguro da sua família, seja para os filhos ou para seus pais, cansados desse monte de problemas que a vida lhes deu. Transmitir conhecimento para alguém, ajudar um estranho a empurrar um carro sem bateria, ajudar uma senhora a atravessar a rua, e por ai vai.
Essas pequenas ações mudam o mundo, tornando-o um lugar muito melhor. Essas ações, que deveriam ser corriqueiras, renovam a esperança sobre as pessoas, dando um sentido mais amplo a vida, deixando tudo a todos mais felizes.
Então está ai o ponto do tio Ben. Ser forte é ser bom e responsável. Só assim a força não é vazia e destruidora. Mas tudo isso só é possível de ser realizado com baldes de empenho e dedicação, autoconhecimento para usarmos nossos talentos e empatia no talo, com foco pra caralho, determinação e sangue no "zóio".
"Ah, mas essa merda é muito utópica, não sei por onde começar"
Comece com uma intenção. Tudo na vida começa com uma simples intenção. E, porra, você controla suas intenções. Eu sei e você sabe que não é um objetivo que você vai atingir agora ou na próxima semana, mas é um objetivo que você deve ter a intenção de atingir daqui pra frente. Só assim da pra ter algum resultado e sermos os heróis que o mundo precisa e não os que sonha.
Arrisco de pensar que a base pra essa melhora é a fé. Não a fé em dogmas, entidades e afins, pois elas mudam com o tempo. Mas a fé nos princípios fundamentais de um mundo melhor: o futuro, o conhecimento, e principalmente fé nas pessoas.
Use seus poderes com responsabilidade e seja hoje o herói que o mundo precisa!
Inspire-se e curta outras reflexões no face: 10% de inspiração

Gostou? Curta nossa fanpage!

0 comentários :