quinta-feira, 26 de outubro de 2017

"DC Showcase: Green Arrow" é um curta animado muito bacana, onde Oliver Queen tem que proteger uma princesa em um Aeroporto.
O curta é um tesão e tem seu ponto alto no duelo final entre o Arqueiro Verde e seu arqui-rival, o Arqueiro Negro.
Confere ai:

Nessa última cena, o Arqueiro Negro fala que ganhou os oito últimos duelos de Oliver. O Arqueiro Verde diz que é verdade, mas que andou treinando e ainda enfatiza "Muito!". Podemos averiguar que o treino do Arqueiro Verde funcionou mesmo.
E você? Já parou para refletir se você tem treinado o suficiente para alcançar as paradas que quer? Porque se você não tiver treinando o suficiente, pode ser que esteja gastando dinheiro e energia à toa. E tudo isso pode te fazer desistir das coisas antes da hora.
E quando eu digo treinar, reparto esse verbo em três:
C.H.A. (Conhecimento, Habilidade e Atitude) para definir o que pode ser um bom treino.
Temos primeiramente o conhecimento:
Conhecimento é sacar o que fazer e como fazer. É conhecer o mapa do tesouro.
Muita gente para por aqui, e o problema é que conhecimento sozinho não te leva a lugar algum, pois é preciso colocar em prática toda a montoeira de coisas que aprendeu. E é aí que entra o “H” do “C.H.A.”, a habilidade.
Habilidade (Ou repetição):
Aqui aplicamos o conhecimento. Podemos dizer que aqui é o saber fazer.
Quando começamos a sacar sobre algum assunto, normalmente aparecem muitas dúvidas. Mas as dúvidas que realmente interessam, somente aparecem quando colocamos em prática aquilo que aprendemos.
Muita gente tem um problema muito foda, que é começar estudando um tema e acabar se aprofundando e ir descobrindo outros e mais outros e tudo que a pessoa faz é adquirir conhecimento, mas esquece de colocar em prática.
Ou seja, depois de ter o conhecimento devemos buscar a habilidade. Aqui é hora de arregaçar as mangas e começar o trabalho de verdade.
Mas, sempre tem um mas, saber fazer também não é suficiente, você precisa da Atitude!
Atitude (Eu prefiro trocar o termo atitude por "prática". O problema é que ai a sigla seria C.H.P., bem menos legal que C.H.A):
A atitude é ir lá e fazer. Parar de reclamar que não dá, e fazer. É parar de ficar arrumando desculpas e fazer. E fazer, fazer, fazer. Aliar a coragem com a repetição, até toda essa habilidade estar saindo de você de forma inconsciente. É não precisar pensar para fazer. É só fazer.
Napoleão Hill, um grande escritor dos Estados Unidos, entrevistou mais de 16 mil pessoas tentando entender porque algumas tinham sucesso e outras não, e uma das coisas que ele concluiu foi que: O sucesso está apenas 15% está relacionado ao Conhecimento, 25% às Habilidades e 60% é a porra da sua atitude. É fazer, fazer e fazer.
O grande problema é que fazer é a parte mais difícil do C.H.A., pois a procrastinação ataca fudidamente quando nos propomos a correr atrás de algo fora da zona de conforto.
E como resolver isso?
Outra sigla: T.A.C (Tesão, Autoconhecimento e Comprometimento) (Sim adoro siglas)
Tesão:
Você curte o que faz? Você faria essa parada mesmo que ganhasse uma mixaria? Você trocaria seu lazer para fazer isso dar certo mais rápido?
Se as respostas das 3 perguntas foram SIM, então você achou seu tesão.
Se respondeu negativamente para algumas delas, precisa repensar muito bem o caminho que está trilhando, pois sem tesão não há motivação.
Autoconhecimento:
Conhecer a si próprio é a parte mais importante do processo. Saber seus valores, talentos e fraquezas te mostra mais claramente porque você escolhe as decisões que toma. Porque você acorda todos os dias. Pelo que luta e o que está disposto a sacrificar para chegar lá. Esse é de longe a etapa mais difícil e mais demorada. Mas vale cada minuto de dedicação.
Comprometimento
Velho, entenda que mesmo que você ame o que faz, não vai dar pra estar motivado o tempo todo. E são nessas horas que o comprometimento deve entrar em ação. Afinal não há vitórias sem essa ferramenta. O verdadeiro vencedor não é aquele que realiza tudo o tempo todo sorrindo. O verdadeiro vencedor é aquele que se supera e vai mesmo não tendo mais forças pra lutar. Duvida? Pergunta pro Seiya.
Apesar dessas duas siglas que mostrei no texto, somos seres ansiosos e imediatistas. Queremos mensurar resultados rápidos e por isso não aceitamos conscientemente que precisamos passar por todo o processo de aprendizagem. E esse processo é demorado. Mas a maioria das pessoas não tem tenacidade suficiente para insistir e se entrega a procrastinação, medo e conforto.
Não faça isso. Entenda que quando desiste de algum objetivo, elimina de vez a possibilidade de alcançá-lo.
Eu sei que suas crenças do que dá ou não pra fazer podem te limitar. Porém, comece a entender que tudo depende do grau de empenho e prática do que você está se propondo a fazer.
Provavelmente você vai se foder muito no começo. Vai errar, cair e fraquejar. Mas apesar do caminho tortuoso, FAÇA. Todo caminho de sucesso é e deve ser demorado, pois é com esse tempo que você realmente aprende a ser espetacular em algo. Pois como diria Bruce Lee: "Eu não temo o homem que pratica 10.000 chutes uma vez, mas eu temo o homem que pratica um chute 10.000 vezes."
Inspire-se

Gostou? Curta nossa fanpage!

0 comentários :