segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Em meio ao lançamento de Liga da Justiça, uma velha questão volta a se manifestar: irá Ben Affleck permanecer no papel do Batman após a reunião da equipe? Pelo o que o ator e diretor contou ao USA Today, nem ele sabe!
Primeiro aos fatos: Ben Affleck causou sentimentos dúbios quando foi anunciado como o novo Batman para estrelar Batman vs. Superman – A Origem da Justiça. Os maiores opositores lembravam de sua carreira cheia de altos e baixos e – principalmente, em se tratando do mundo dos super-heróis – de sua má interpretação do Demolidor da Marvel no filme homônimo de 2003. Porém, Affleck vinha em um período de redenção, tendo se tornado um aclamado diretor de cinema, com dois bons filmes no currículo e, por fim, com o terceiro deles, Argo, sendo premiado como Melhor Filme no Oscar. No fim das contas, quando A Origem da Justiça foi lançado, a crítica foi praticamente unânime que o Batman de Affleck foi a melhor coisa do filme, ao lado da Mulher-Maravilha de Gal Gadot.
A aclamação animou a Warner Bros. a tentar algo ousado: fazer Affleck não apenas estrelar o próximo filme do cavaleiro das trevas, mas também dirigi-lo! Ele aceitou e chamou Geoff Johns (na época presidente da DC Entertainment, mas também um aclamado escritor de quadrinhos – hoje é presidente da DC Films) para escrever o roteiro. Porém, em meio à recepção morna de seu quarto filme como diretor – Os Donos da Noite – e com problemas no casamento (com a atriz Jennifer Garner, que conheceu – ironicamente – nas filmagens de Demolidor), que chegou ao fim, e tentando se curar do alcoolismo (chegando a se internar em uma clínica de reabilitação), Affleck não resistiu à pressão e, no meio das filmagens de Liga da Justiça, terminou desistindo de dirigir The Batman. Infelizmente, o fato de Affleck ter duas interpretações como ator bem recebidas na época (em Gone Girl e O Consultor) não contou muito.
No meio tempo do fim das filmagens de Liga da Justiça e do extenso cronograma de refilmagens comandadas por Joss Whedon (e não pelo diretor original, Zack Snyder, afastado da produção por causa da morte de sua filha), foi anunciado o diretor Matt Reeves (da franquia O Planeta dos Macacos) como o novo comandante de The Batman. Logo no início, ficou claro que Reeves não iria aproveitar o roteirode Johns e Affleck e fazer algo novo, um cavaleiro das trevas noir e detetive, como ele disse.
Porém, em meio aos rumores (ou notícias?) de que a DC Films iria investir em filmes “fora do cânone” do Universo DC dos Cinemas, com histórias (e atores!) independentes dos personagens da linha narrativa que culminou em Liga da Justiça, The Batman pareceu despontar como um desses filmes. Assim, ficou a questão: Affleck faria este filme? Ou teria ficado um “gosto amargo” por ceder seu lugar de diretor (e roteirista) a outra pessoa, com outra visão?
elenco de Liga da Justiça fez uma coletiva à imprensa este fim de semana em uma exibição do filme e nenhuma pergunta foi feita sobre se Ben Affleck permaneceria ou não como o cruzado embuçado nos próximos filmes. Isso indica que a imprensa foi obrigada a não fazer esta pergunta, o que significa que é uma questão delicada dentro da Warner/DC. Mas o USA Today fez uma investida à parte e a resposta de Affleck foi: não sei!
É algo que estou contemplando [voltar ou não como Batman]. Você não pode fazer isso para sempre, então, eu quero descobrir uma maneira graciosa e interessante de seguir em frente com isso.
Obviamente, a Warner não é a única quem está esperando a resposta do filme da equipe nas bilheterias (e o que diz a crítica) para decidir realmente o que quer fazer.
Bem, parece que tudo depende do sucesso de Liga da Justiça.

Gostou? Curta nossa fanpage!

0 comentários :