quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Em meio ao lançamento de Liga da Justiça, continuam insistentes os rumores de que Ben Affleck não viverá o Batman no filme solo do herói, que será dirigido por Matt Reeves. Agora, uma fonte do The John Campea Show informa que o diretor quer Jake Gyllenhaal no papel do cavaleiro das trevas.
HQRock já comentou em outra ocasião: alguém deve ter muita raiva de Ben Affleck na imprensa de Hollywood. Mesmo com o ator entregando uma ótima versão do Batman em Batman vs Superman – A Origem da Justiça e fazendo melhor ainda em Liga da Justiça (leia nossa Resenha do filme aqui!), continuam insistentes as “notícias” e rumores de que Affleck irá pendurar a capa após este último filme e será substituído.
Claro, há motivos para isso (não para a raiva, mas para a troca de atores): depois de ganhar o Oscar de Melhor Filme por Argo, Ben Affleck foi escolhido para não apenas estrelar, mas escrever e dirigir The Batman, o novo filme solo do homem-morcego. Mas em meio à pressão de viver um personagem tão icônico, da má recepção da crítica à A Origem da Justiça (mesmo sendo ele próprio uma das coisas mais elogiadas do filme), do fim de seu casamento com a atriz Jeniffer Garner e da luta contra o alcoolismo, Affleck terminou desistindo da empreitada, e The Batmancaiu nas mãos de Matt Reeves.
Desde o início, Reeves deixou claro que não iria reaproveitar o roteiro já existente de Affleck e Geoff Johns (que é presidente da DC Films!) e iria fazer seu próprio take do cavaleiro das trevas, mais voltado para uma abordagem detetivesca e noir. A partir de então, começaram os rumores da saída de Affleck.
Em suas últimas entrevistas, Affleck tem andado incerto e misterioso sobre sua volta ao capuz do Batman. Contudo, se Liga da Justiça for um grande sucesso, é difícil imaginar que isso não aconteça.
Por outro lado, o TJCS afirma que existem duas claras opções sobre a mesa da Warner Bros. neste exato momento: 1) simplesmente substituir Affleck por Gyllenhaal sem que isso seja tratado como reboot ou coisa do tipo, apenas uma troca de ator (como no passado foi a troca de Michael Keaton por Val Kilmer e depois por George Clooney no mesmo personagem) e, portanto, sem uma artimanha espaço-temporal como aquela que os fãs supõem que virá de Flashpoint, o filme sobre o Flash viajar no tempo; 2) fazer The Batman um filme que se passe anos antes de A Origem da Justiça mostrando trechos da (longa) carreira do homem-morcego (20 anos segundo o filme) antes dele conhecer o Superman e a Mulher-Maravilha e formar a Liga da Justiça.
Neste último caso, ajuda o fato de Gyllenhaal ser 10 anos mais jovem do que Affleck e mata dois coelhos com uma cajadada só ao dar a oportunidade de Matt Reeves ter mais liberdade com seu personagem e abordagem.
segunda opção também permitiria Ben Affleck continuar a viver o Batman nos filmes (que irremediavelmente virão) da Liga da Justiça.
Quanto a Jake Gyllenhaal, ele já quase foi um super-herói nos cinemas várias vezes: o ator fez testes para ser o Homem-Aranha (e também Harry Osborn) no primeiro filme do teioso, lançado em 2002, mas quase ganhou a oportunidade de usar o uniforme vermelho e azul depois que o titular Tobey Maguire se acidentou seriamente nas filmagens de outro longa e ficou com dores nas costas que arriscaram sua participação em Homem-Aranha 2; o diretor Sam Raimi chegou a conversar com Gyllenhaal e este ficou de prontidão, mas Maguire se recuperou há tempo; depois, Gyllenhaal também foi um dos testados para ser o Batman de Christopher Nolan, mas terminou sendo preterido por Christian Bale; e também falam que Gyllenhaal tentou ser o Superman em duas ocasiões, para Superman – O Retorno (em 2006, papel que ficou com Brandon Routh) e de novo em Superman – O Homem de Aço (em 2013, papel que ficou com Henry Cavill).
Jake Gyllenhaal é um ótimo ator e estrelou filmes de alta carga dramática como O Segredo de Brokeback Mountain, embora sua única excursão pelos filmes de ação – com O Príncipe da Pérsia – não tenha agradado nem um pouco.

Gostou? Curta nossa fanpage!

0 comentários :