quinta-feira, 16 de novembro de 2017


Numa notícia surpreendente, o Deadline afirma que o ator James Franco está desenvolvendo um filme derivado da franquia dos X-Men calcado no personagem Jaime Madrox, o Homem-Múltiplo.
Segundo o site, Franco procurou o produtor (e roteirista) da franquia mutante, Simon Kinberg, para falar sobre outro projeto – The Hardy Men, uma adaptação da série de livros The Hardy Boys – que estava desenvolvendo ao lado de seu irmão mais novo, Dave Franco. Porém, em algum momento, Kinberg falou do Homem-Múltiplo e o ator se empolgou.
Inicialmente, falou-se que, além de Franco e Kinberg, também estaria envolvido no projeto o diretor Mathew Vaughn (que dirigiu X-Men – Primeira Classe e foi roteirista e produtor de X-Men – Dias de Um Futuro Esquecido); porém, as negociações com este último não andaram para frente. (Talvez, porque ele está envolvido em Superman – O Homem de Aço 2, com a Warner/DC Comics?).
Nos quadrinhos, o Homem-Múltiplo surgiu na revista Giant Size Fantastic Four 04, de 1975, nas mãos dos escritores Len Wein e Chris Claremont e do desenhista John Buscema. Na trama, é revelado que Jaime Madrox é um mutante com o poder de criar clones de si próprio a partir de energia cinética, ou seja,toda vez que é atingido por algo, produz uma cópia de si mesmo, o que é muito útil em batalhas e em missões de espionagem. Também é revelado que ele usa uma roupa especialque armazena energia cinética para que Madrox use seus poderes de forma controlada.
Também na trama daquela revista, Reed Richards (o Sr. Fantástico) entra em contato com o Professor Charles Xavier, líder dos X-Men. Na época do lançamento dessa história, os X-Men estavam voltando à publicação após passarem cinco anos sem uma revista própria. Madrox vai viver na Ilha Muir, na costa da Escócia, trabalhando no laboratório de Moira McTagger, uma amiga de Xavier.
xmen_classics__multiple_man_by_drater7890
O visual original do Homem-Múltiplo. Arte de John Buscema. 
Madrox apareceu um par de vezes nas histórias iniciais dos novos X-Men, no fim dos anos 1970, escritas por Claremont com o desenhista Dave Crockum; e teve uma participação mais proeminente em Uncanny X-Men 125 e 126, de 1979, dentro da chamada Saga de Proteus.
Ele nunca foi um membro dos X-Men propriamente ditos, mas integrou a segunda encarnação do X-Factor, lançado em 1991 pelo escritor Peter David, na qual o grupo agia como um tipo de serviço secreto do Governo dos EUA. A partir daí, Madrox passou a ter um papel mais importante no universo específico relacionado ao X-Factor e até estreou algumas minisséries e uma revista solo, nas quais atuava como um detetive particular.
O Homem-Múltiplo apareceu nos desenhos animados dos X-Men e também teve uma versão live action em X-Men – O Confronto Final, de 2006, na qual ele é um dos membros da Irmandade de Mutantes do vilão Magneto e foi vivido pelo ator Eric Dane.

Gostou? Curta nossa fanpage!

0 comentários :